Publicado em

Tudo sobre Iluminação LED

O que é um LED?

Um LED (Light Emitting Diode – díodo emissor de luz) – é uma fonte de luz que pode ser inserida num circuito eléctrico.
Ainda antes de ser um sistema de iluminação, já conhecíamos o LED como sendo um indicador de potência ou estado em aparelhos electrónicos.
Contudo, a evolução tecnológica fez com que o pequeno ponto luminoso fosse ficando cada vez mais brilhante, passando a ser uma importante fonte de luz, assumindo-se já como aquele que será o método de iluminação mais utilizado no futuro.
Os LED não se gastam, não aquecem e não utilizam substâncias perigosas.
Actualmente, quando todos somos chamados a assumir uma responsabilidade ecológica e de eficiência energética, as lâmpadas LED são a melhor alternativa às lâmpadas incandescentes e mesmo às lâmpadas economizadoras tradicionais.
Num futuro próximo, a evolução do LED promete abrir um enorme leque de possibilidades no campo da iluminação e decoração.

Porquê o LED?

Durabilidade

  • Os LEDs não se gastam e aquecem pouco, o que faz com que o seu tempo de vida possa atingir as 50.000 horas, superando até as lâmpadas economizadoras.
  • Acende e apaga instantaneamente, sem perder vida útil.
  • Resiste a impactos, pois o LED é um estado sólido. É uma “placa de silício”.
  • Como não aquecem evita o envelhecimento de outros materiais como difusores, cablagens e suportes.

Ecologia

  • Não inclui mercúrio, nem outras substâncias nocivas na sua construção.
  • Não emite infra-vermelhos nem ultra-violetas, não consumindo o oxigénio do ambiente, nem degradando o ar que se respira num ambiente fechado.
  • Baixa emissão de calor (95% da força da electricidade é destinada à geração da luz).
  • Baixa emissão de CO2.

Economia e Eficiência Energética

  • A utilização racional da energia em nossas casas é fundamental não só para reduzirmos as despesas, mas também para protegermos o ambiente e preservarmos recursos que são de todos.
  • Ao instalar sistemas de iluminação LED na sua casa, escritório ou estabelecimento comercial, está a dar um passo importante no sentido de uma melhor eficiência energética.
  • Para além dos inegáveis benefícios ambientais a longo prazo, as lâmpadas LED podem permitir-lhe reduzir a sua fatura de eletricidade, entre 60 a 90%.
  • As lâmpadas LED usam até 80 % menos energia do que as lâmpadas incandescentes tradicionais.
  • As lâmpadas LED duram pelo menos 10 anos (em comparação com 1 a 2 anos para as lâmpadas incandescentes tradicionais).
  • As lâmpadas LED podem ser ligadas e desligadas frequentemente, sem perderem vida útil.
  • Atingem a intensidade luminosa máxima assim que são ligadas.
  • Dão a mesma luz das lâmpadas incandescentes, mas consumindo muito menos energia.

Criatividade

  • As características das lâmpadas LED permitem-lhe moldar a iluminação de cada espaço, criando diferentes ambientes.
  • Existem lâmpadas em 3 tons de cor: Branco Frio, Branco Neutro e Branco Quente; e fitas LED em RGB (Vermelho, Verde, Azul) que possibilitam a obtenção de quase todas as cores.
  • Permitem a regulação da intensidade da luz.
  • Disponíveis vários tipos de lâmpada, com diversos tipos de base (casquilho ou ligação).

Comparação entre os diversos tipos de Lâmpadas

Consumo

  • Lâmpada LED: 1,5W a 10W (no caso de uma tubular de 60cm)
  • Fluorescentes compactas: 15W
  • Fluorescentes tubulares: 20W
  • Halogéneo: 50W
  • Incandescentes: 75W

Vida útil

  • Lâmpada LED: 50.000 horas
  • Fluorescentes compactas: 8.000 horas
  • Fluorescentes tubulares: 7.500 horas
  • Halogéneo: 2.000 horas
  • Incandescentes: 1.000 horas

Eficiência luminosa

  • Lâmpada LED: 90 lumens/W
  • Fluorescentes compactas: 60 lumens/W
  • Fluorescentes tubulares: 50 lumens/W
  • Halogéneo: 18 lumens/W
  • Incandescentes: 10 lumens/W

Esta é a solução mais económica para a sua iluminação doméstica ou empresarial!